Por que a acne é mais comum na adolescência?
Pele e a juventude

Por que a acne é mais comum na adolescência?

Há diversas razões para o aparecimento de acne na adolescência, mas a mais concreta é a elevação dos hormônios, especialmente a testosterona, nesta fase da vida. Na puberdade, as glândulas sebáceas começam a produzir mais sebo e, combinada com a concentração de células mortas nos folículos pilosos, criam um terreno fértil para a proliferação de bactérias. Consequentemente, esses folículos ficam inchados e inflamados, formando a tão detestada espinha.

Quais são as causas principais da acne em adolescentes?

Além das alterações hormonais, o uso de medicamentos (como corticoides, uso prolongado de vitaminas, anabolizantes) e formulações cremosas/oleosas podem afetar a produção de sebo, colaborando para o surgimento de acne.

Dependendo da gravidade, a acne pode causar cicatrizes difíceis de amenizar ou eliminar. Em casos assim, quanto mais cedo o tratamento começar mais eficaz será o resultado. Você já deve ter ouvido falar em Isotretinoína (conhecida pelo nome comercial de Roacutan), não é mesmo? Esse medicamento, apesar de ser o mais eficaz no tratamento da acne, só deve ser indicado nos casos resistentes a tratamentos tópicos e antibióticos ou casos graves, em função dos inúmeros efeitos colaterais e necessidade de acompanhamento médico e laboratorial.

Quais são os tratamentos estéticos mais comuns para amenizar cicatrizes de acne?

  • Peelings químicos;
  • Dermoabrasão;
  • Microdermoabrasão;
  • Laser e tratamentos de radiofrequência (para as cicatrizes e flacidez facial);
  • Preenchimento das cicatrizes com ácido hialurônico;
  • Microcirurgias para retirar as cicatrizes de acne.

Entre os tipos mais comuns em adolescentes vale a pena destacar a acne vulgar, que é a mais comum, caracterizada por cravos e espinhas. O tipo mais raro e grave é a acne fulminante, um quadro intenso com febre e dores no corpo.

As mulheres podem sofrer um pouquinho mais com a acne, já que o problema pode ser desencadeado dois a sete dias antes do período menstrual ou durante a gravidez. Quem acredita que a acne só atrapalha a vida dos adolescentes pode esquecer. Adultos também são afetados pelo problema, ainda mais se tiver uma vida muito corrida e estressante, aliada com a alimentação de má qualidade.

Para manter sua pele saudável, veja algumas recomendações:

  • Lave o rosto duas vezes por dia;
  • Use sabonetes e loções adequados para sua pele, sempre seguindo as orientações de um especialista; evite formulações cremosas, dando preferência a produtos do tipo oil free ou com toque seco.
  • Não esprema as espinhas para evitar infecções e inflamações;
  • Só toque em sua pele se estiver com as mãos limpas ou utilizando objetos higienizados;
  • Não se esqueça do protetor solar: ele é importante para a saúde da pele e proteção contra reagentes químicos dos produtos ou tratamentos estéticos.

Mantenha os cuidados com a pele do rosto e do corpo desde cedo, para colher os frutos no futuro. Se identificar alguma acne ou outra anormalidade, não se desespere. Procure um dermatologista, leve suas dúvidas e siga as orientações do profissional. Saúde, autoestima e bem-estar devem ser suas prioridades.

COMENTÁRIOS


Lembre-se: este site não realiza consultas online nem receita medicamentos ou cosméticos. Reservamos o direito de escolher quais perguntas responder e apenas tiramos dúvidas específicas sobre problemas de pele.



COMENTÁRIOS




Escreva sua mensagem (Máx. 250 caracteres)