Acne adulta: quais são as causas e tratamentos mais comuns?
Pele e o adulto

Acne adulta: quais são as causas e tratamentos mais comuns?

Na adolescência, a acne é um dos problemas de pele mais comuns. No entanto, quando se estende para a fase seguinte da vida, tornando-se a tal acne adulta, quem a enfrenta começa a se perguntar: por que ainda preciso lidar com isso, sendo que já passei dos 15 anos? Bem, infelizmente, alguns fatores contribuem para o surgimento de acne, cravos e espinhas entre os 25 e 35 anos também.

Causas mais comuns da acne adulta

No geral, a acne adulta afeta mais as mulheres a partir dos 25 anos. Uma das razões para isso é o aumento da produção de hormônios masculinos, como a testosterona, nessa época da vida. Além disso, a mulher ainda precisa lidar com outras alterações hormonais, como a menstruação, gestação, ovário policístico e menopausa, fora o estresse causado pela soma de tudo e fatores externos que podem piorar a situação. Essa montanha russa de hormônios também provoca o crescimento anormal de pelos no rosto – só para complicar ainda mais.

Cosméticos, incluindo cremes e maquiagens, com base oleosa podem obstruir os poros. O ideal é usar produtos sem óleo na composição (oil free) ou em gel. A exposição solar excessiva pode aumentar a inflamação e piorar a acne, alem de causar manchas de pele e cicatrizes. Por isso, nunca se esqueça de aplicar o protetor solar de quatro em quatro hora, preferindo a opção com toque seco. Aproveite para ver alguns truques de maquiagem para disfarçar manchas de acne.

A má alimentação tem efeitos negativos para o organismo como um todo, ou seja, também afeta a saúde da pele. O consumo excessivo de alimentos gordurosos colabora com a produção de sebo da pele, facilitando o surgimento da acne adulta. Não é necessário parar de comer o que você gosta, porém, será preciso consumir com moderação. Controle a ingestão de laticínios e carnes, especialmente o frango, pois os criadores desses animais costumam abusar do uso de hormônios. Se possível, prefira opções orgânicas.

O uso prolongado de vitaminas (especialmente a vitamina B) e o uso de medicamentos (como corticoides, pílulas anticoncepcionais compostas apenas por progesterona, contraceptivos injetáveis, DIU composto de progesterona e anabolizantes) também contribuem para a formação de cravos, espinhas e acne.

Por último, vale a pena citar a predisposição genética. Se os seus pais, por exemplo, tiveram acne adulta, há chances de você ter o mesmo problema. É a vida!

Tratamentos mais eficazes para a acne adulta

O primeiro passo é manter uma boa rotina de cuidados com a pele. Sempre que usar maquiagem, retire o produto com demaquilante e, em seguida, faça a limpeza com loção adstringente e finalize com um hidratante específico para seu tipo de pele. Descubra o seu, entre oleosa, mista, seca ou normal em nosso post. Se a sua pele for oleosa, esfolie o rosto uma vez por semana para remover as células mortas. Sabonetes à base de ácido salicílico reduzem a formação dos comedões (cravos), mas nada mais eficiente do que o tratamento de limpeza de pele. Lembre-se de que lavar o rosto mais de duas vezes ao dia não vai melhorar a oleosidade da pele ou conter o surgimento da acne, muito pelo contrário, pode até impulsionar a produção do sebo e piorar o problema

Algumas pílulas anticoncepcionais, diferentes das compostas apenas por progesterona, ajudam a impedir a ativação dos receptores das glândulas sebáceas, diminuindo a oleosidade da pele e as chances de aparecimento da acne. Ativos aplicados na pele também controlam a produção de sebo, como o zinco, ácido salicílico, alfa-hidroxiácidos, retinoides, peróxido de benzoíla e enxofre.

A redução da proliferação de bactérias, por meio de produtos e medicamentos à base de peróxido de benzoíla e antibióticos tópicos, podem ajudar no combate à acne adulta. O controle da inflamação pode ser feito com o uso de ácido salicílico, extrato de chá verde, peróxido de benzoíla (sim, de novo), antibióticos orais, espironolactona e, em um último caso, com o auxílio da isotretinoína oral.

A acne adulta é um incômodo para muitas pessoas, mas há solução para a maioria dos casos. Não prolongue a ida ao dermatologista. Quando antes iniciar o tratamento, mais rápido vai se livrar do problema e ainda evitará manchas e cicatrizes na pele. Se tiver alguma dúvida sobre esse assunto ou algum outro, envie sua pergunta para a dermatologista!

COMENTÁRIOS


Lembre-se: este site não realiza consultas online nem receita medicamentos ou cosméticos. Reservamos o direito de escolher quais perguntas responder e apenas tiramos dúvidas específicas sobre problemas de pele.



COMENTÁRIOS




Escreva sua mensagem (Máx. 250 caracteres)

  • Responder Laise 13 de julho de 2017 at 21:34

    Tenho 26 anos e ao suspender o uso do contraceptivo Selene, a minha pele encheu de espinhas. Comecei uso do sabonete de enxofre para ajudar e voltei a tomar o selene porém não obtive melhora alguma. a pele está seca e com espinhas. O q pode ser?

  • Responder magnolia costa 24 de junho de 2017 at 12:46

    Tenho muitas cicatrizes por causa das espinhas vitacid acne tira essas cicatrizes?

    • Responder Pergunte Ao Dermatologista 28 de junho de 2017 at 11:46

      Magnolia, a principal indicação desse produto é pro tratamento das espinhas mais inflamadas, ele não atua nas cicatrizes.

  • Responder jucileide 20 de agosto de 2016 at 15:44

    gostaria de saber , se tem alguma causa , o que poderia esta acontecendo comigo tenho quarenta e nove anos, na adolecencia nao tinha espinhas , mais depois dos trinta anos , todo mes saem espinhas no meu rosto .

    • Responder Pergunte Ao Dermatologista 20 de agosto de 2016 at 23:03

      Com certeza aos 49 anos não é esperado ter acne. Na maioria das vezes, a causa é alguma alteração hormonal que deixa a pele mais oleosa do que o normal, causando espinhas. Então, procure seu médico pra tentar descobrir se esse pode ser a causa do seu problema.

  • Responder Mateus 30 de julho de 2016 at 21:30

    Olá,tudo bem,levedura de cerveja produz algum resultado sobre acne? Porque usei umas duas semanas só vi nascerem mais espinhas.Desde já agradeço!!!

    • Responder Pergunte Ao Dermatologista 30 de julho de 2016 at 22:43

      Mateus, com certeza levedura de cerveja não melhora acne! Busque tratamentos indicados por dermatologistas, tratamentos naturais além de não melhorar podem irritar a pele.