Perguntas e respostas

Esfoliação: como funciona e qual a melhor forma de fazê-la?

esfoliante-facial

Existem muitos produtos voltados à esfoliação no mercado e o assunto é bem comentado e comum. Ainda assim, muita gente nunca procurou esfoliar a pele. Você sabe como a esfoliação age e por qual razão ela é tão importante para a renovação da mesma?

Você já teve a impressão de que, mesmo após lavar o rosto, a pele não estava 100% limpa? Não é apenas impressão e essa sensação passará só após uma esfoliação na pele, principalmente se o grande problema estiver no excesso de oleosidade. E é assim mesmo que funciona: ao esfoliar, a eliminação das células mortas estimula a renovação natural da pele, evitando os pelos encravados, os cravos, espinhas e a oleosidade excessiva, tornando a pele visivelmente mais macia, hidratada e limpa, claro!

Mas, como devemos esfoliar a pele, seja do rosto ou qualquer outra parte do corpo?

Devemos ter em mente que, se existem produtos cosméticos para rosto e corpo, é porque a pele de cada região é diferente, portanto deve-se respeitar o tempo e a forma de esfoliação de cada lugar. Em termos de periodicidade, o corpo pode ser esfoliado a cada 15 dias, mas pode-se abrir uma exceção para cotovelos, joelhos e pés, que são mais ressecados e podem ser realizados a cada semana.

Já o rosto também não pode ser esfoliado em excesso. Esfolie uma vez por semana, ou a cada 15 dias, com produtos indicados para a região, e nada mais que isso.

Os produtos esfoliantes apresentam várias versões: podem ser cremes, sabonetes, óleos, buchas e cremes em gel. Já as partículas que promoverão a esfoliação da pele podem ter origem vegetal ou sintética, além de algumas receitas caseiras utilizadas para o procedimento.

Quais são as opções mais indicadas para cada caso?

Se a sua pele é oleosa ou mista, dê preferência a produtos em forma de sérum ou gel.

As peles normais e secas podem optar pelo produto em forma de loção ou creme.

Também existem algumas soluções que podem ser feitas em casa para a esfoliação.

Em todos os casos, sejam produtos industrializados ou caseiros, e seja qual for o seu tipo de pele, consulte seu dermatologista para usar produtos adequados para o seu caso.

 Dicas muito importantes para a sua esfoliação:

Faça-a sempre em movimentos circulares

Nunca esfolie após a depilação ou em pele sensibilizada

Faça movimentos suaves, mas coloque um pouco de pressão, sem machucar a pele. Um dos grandes erros está na força da aplicação, que pode acabar danificando a pele. Vale lembrar que a ação esfoliante já está no produto em si, aplique-o com calma. Você pode aumentar um pouco mais a pressão nas regiões mais oleosas, como nariz, testa e queixo, por exemplo.

Remova o esfoliante com agua e sabonete neutro.

Ao finalizar a sua esfoliação, não se esqueça: o hidratante será o grande aliado! Não se esqueça também do protetor solar.

 

Ficou alguma dúvida sobre tipos de pele, esfoliação ou cuidados no procedimento? Então, pergunte ao dermatologista!

COMENTÁRIOS


Lembre-se: este site não realiza consultas online nem receita medicamentos ou cosméticos. Reservamos o direito de escolher quais perguntas responder e apenas tiramos dúvidas específicas sobre problemas de pele.



COMENTÁRIOS




Escreva sua mensagem (Máx. 250 caracteres)