Perguntas e respostas

Cronograma capilar: como funciona e qual é o seu passo a passo

lznom2m0.wnd

Todo mundo vive uma incessante busca pelo cabelo em sua melhor forma. A maior dificuldade, no entanto, vai além da escolha de um bom corte ou de uma cor que agrade: os cabelos são facilmente danificados por uma série de agentes que estão no dia a dia, como o uso de secadores, chapinha, procedimentos químicos, água quente, sol, mar, piscina, vento e tantos outros fatores externos que agridem os fios, danificando sua estrutura.

Quando falamos em estrutura, entenda da seguinte forma: a estrutura capilar é formada pela queratina. Pense em um colar de pérolas, formado por várias bolinhas. Agora, imagine que essas bolinhas são os aminoácidos.  Se esse “colar” de aminoácidos se quebrar, não há uma forma de colá-lo novamente. Existem três tipo de ligações químicas na estrutura de nossos fios que podem ser quebradas:

Pontes de hidrogênio – quebradas ao molhar o cabelo, mesmo que não seja na água quente.

Pontes salinas – quebradas pela temperatura da água.

Pontes de enxofre – quebradas em tratamento químicos, como os que usam a amônia ou o formol.

Sem título

e2460dd18e52aa01edb7d11ac70326f7

Sabendo disso, como o cronograma capilar funciona e porque ele pode te ajudar?

Diante de todas essas agressões, para que a estrutura de cada fio seja recuperada, é importante que sejam repostas das seguintes coisas: água, lipídios e proteínas como a queratina, cisteína, entre outras.

Como faremos isso? Hidratando, nutrindo e reconstruindo os cabelos. É aí que o cronograma capilar entra: basicamente, a cada 48h, você deverá usar de forma intercalada, suas lavagens e combiná-las com a hidratação, nutrição e reconstrução do cabelo, sempre de forma revezada.

É claro que, para isso, é necessário estar bem atento ao seu tipo de cabelo e a necessidade diante de cada procedimento, para que sejam usadas todas as etapas conforme são necessárias, além de ajustar o tempo de intervalos entre eles, diminuindo ou aumentando.

Com esse método, você estará cuidados de seus fios de cabelo, de dentro para fora, em vários aspectos.

Mas, fique atento: ao notar fios danificados, problemas de quedas e outros problemas com os fios de cabelo, consulte o dermatologista ou o tricologista, dermatologista especializado, para que examine seus fios e couro cabeludo, buscando encontrar possíveis causas.

Como definir  e executar o meu cronograma capilar?

Ele funciona como uma agenda. Você precisará, dessa forma, planejar em qual dia será feito cada procedimento. Inicialmente, você pode começar com cronogramas que são previamente montados e utilizados em casos mais comuns, mas a ideia é que você perceba a necessidade de seus fios e vá adaptando ao seu caso. A ideia básica de cronograma capilar é que ele aconteça por 4 semanas:

Na primeira semana, você fará: hidratação, hidratação e nutrição

Na segunda semana: idem.

Na terceira semana: idem.

Na quarta semana: hidratação, hidratação e reconstrução.

Seu dermatologista, por meio de avaliação, conseguirá identificar quais nutrientes faltam ao seu cabelo e indicar os produtos adequados e tapas essenciais para formar um cronograma capilar específico para seu caso.

Entenda como cada etapa do cronograma capilar funciona

Para que você siga a risca cada passo, nada melhor que entender a real importância dele.

A hidratação consiste na aplicação de hidratantes de sua escolha que repõem a água, que se perde com muita facilidade no dia a dia. Se o cabelo está desidratado, ele perder o brilho, fica áspero e perde o movimento também. Existem alguns ingredientes que você pode tomar como base na hora de escolher seu creme hidratante e que são ótimos ativos: extratos vegetais, glicerina, colágeno, lecitina, aloe vera, vitaminas, sacarose, óleo de jojoba, óleo de rícino, entre tantos outros.

Já a nutrição repõe os lipídios do córtex do fio. Digamos que essa camada funciona como uma lubrificação que protege os fios e evita que percam seus componentes – até mesmo a água. Um exemplo de ativos nutritivos são as ceramidas, óleos como os de côco, oliva, abacate, tutano, argan, amêndoas, entre tantos outros e manteigas vegetais, como as de karite, cacau, cupuaçu, abacate, macadâmia, tutano, entre outas.

E, por fim, a reconstrução repõe a massa capilar – queratina e seus aminoácidos. A queratina corresponde a quase 90% da composição do cabelo e, além disso, funciona como uma película de proteção, selando e hidratando os fios. Para essa etapa, alguns dos melhores princípios ativos são a queratina, cisteína, arginina, creatina, colágenos e proteínas e aminoácidos do trio, arroz, aveia, entre outros.

 

Tem algum problema com seus fios de cabelo, ficou alguma dúvida sobre o cronograma capilar ou qualquer uma de suas etapas? Envie sua pergunta para o dermatologista!

COMENTÁRIOS


Lembre-se: este site não realiza consultas online nem receita medicamentos ou cosméticos. Reservamos o direito de escolher quais perguntas responder e apenas tiramos dúvidas específicas sobre problemas de pele.



COMENTÁRIOS




Escreva sua mensagem (Máx. 250 caracteres)