Perguntas e respostas

Afinal, é liberado pintar o cabelo na gestação?

gestacao-sem-dor-e1439997570799

Colorir, escurecer e clarear os cabelos tem sido cada vez mais comum entre as mulheres, principalmente por todas as técnicas e tendências que têm surgido. Mas, e se a mulher engravidar? É preciso abandonar o estilo e as cores do cabelo? Esse assunto voltou à tona porque muitas pessoas, incluindo celebridades, mudaram o visual ou retocaram os cabelos durante a gravidez.

Por muito tempo a pintura dos fios não foi permitida para as grávidas, pois todas as tinturas eram fabricadas à base de amônia, uma substância prejudicial para gravidez e saúde do bebê. Isso porque essas químicas fortes podem cair na corrente sanguínea da mãe e ultrapassar a barreira da placenta. Existem hoje tinturas próprias para grávidas, que podem ser utilizadas com a ajuda e indicação do seu médico.

Dicas para as gestantes

Geralmente, a partir do terceiro mês, as gestantes podem pintar o cabelo. Recomenda-se a pintura longe da raiz ou em mechas.

Se você clareia o cabelo e, com o passar dos meses, a raiz tem crescido, use a tintura para escurecer os fios claros, equilibrando o visual. Recomendamos que o retoque de raiz fique para depois do parto, uma vez que os fios conseguem segurar a química, mas a raiz não, levando-a para a corrente sanguínea.

O banho de petróleo também é uma boa técnica, já que pode ser misturada a cremes, deixando a tintura mais fraca.

No caso de esconder fios brancos, você pode fazer uso de shampoos tonalizantes após o terceiro mês. A ideia é sempre utilizar produtos sem amônia ou metais pesados.

Outras técnicas estão liberadas?

Durante a gravidez é permitido utilizar chapinhas, babyliss e secador de cabelo. Não é permitido o uso de produtos químicos, como os presentes nas escovas progressivas e outros tratamentos

O que fazer no caso de pintar o cabelo e descobrir posteriormente que está grávida?

Infelizmente, não há o que fazer nesses casos, pois os efeitos não podem ser revertidos. Na gestação, o uso de produtos químicos nos cabelos está relacionado a problemas como baixo peso no nascimento do bebê, descolamento da placenta e danos para a gestante. Não há como desfazer a absorção desses produtos pelo bebê, por isso, é necessário monitorar a gravidez e fazer acompanhamentos médicos, mantendo todos os exames em dia.

 

Já teve alguma duvida dermatológica na fase de gestação? Mande sua pergunta para o dermatologista!

COMENTÁRIOS


Lembre-se: este site não realiza consultas online nem receita medicamentos ou cosméticos. Reservamos o direito de escolher quais perguntas responder e apenas tiramos dúvidas específicas sobre problemas de pele.



COMENTÁRIOS




Escreva sua mensagem (Máx. 250 caracteres)