Perguntas e respostas

Os produtos à base de ácidos mancham a pele?

thinkstockphotos-467198333

É grande o número de pessoas que utilizam dermocosméticos à base de ácidos. Dessas pessoas, muitas abandonam ou não se dão bem com o uso dos ácidos por diversos motivos, entre eles a ardência e as manchas que se formam na pele após seu uso.

Por causa disso, você já deve ter ouvido muitas coisas a respeito dos tratamentos com ácidos e até desistido de utilizá-los. Mas, o que é verdade e o que é mentira entre todas essas coisas?

Entenda para que serve o uso do ácido na pele

Esses produtos a base de ácidos são muito utilizados para tratar problemas na derme e deixá-la mais bonita também. São muitos os benefícios, entre eles o de diminuir nossos poros, deixar a pele mais macia, estimular a renovação celular, fazer uma esfoliação química, ajudar no rejuvenescimento da pele e também para clarear manchas. Para todas essas situações há um ácido que pode ser utilizado.

Dentre todas as coisas, eles são principalmente muito utilizados em tratamentos para remoção de cravos e espinhas, clareamentos de pele, entre outros tipos de tratamentos. Outra coisa em que ele é excelente: ajudar outros rejuvenescedores a penetrarem na pele.

Qual é o melhor horário para se usar os ácidos e por qual motivo causam manchas?

Utilizar o ácido pela manhã exige cuidado redobrado e pode estar diretamente relacionado às manchas ocasionadas após seu uso. O motivo é bem simples, mas exige muita atenção e cuidado. Grande parte dos ácidos sensibiliza a pele. Isso significa que, quanto mais sensível sua pele estiver, maior a chance de sofrer uma irritação localizada ao se expor à luz do dia.

Essas marcas da irritação devem ser tratadas. Caso não sejam e o ácido continue a ser aplicada, podem aparecer as tão temidas manchas.

Todo mundo pode realizar tratamento com ácidos?

Alguns cuidados devem ser tomados antes de iniciar um tratamento desse tipo. Por exemplo, se a sua pele for mais sensível, a atenção deve ser redobrada, fazendo o uso de alguma água termal junto. Já pessoas de peles secas, ou pessoas muito jovens ou idosas, e até mesmo pessoas de pele negra, devem lembrar que possuem características únicas e que, por isso, também devem tomar os devidos cuidados.

Alguns cuidados gerais

Como dissemos, o melhor é fazer uso do ácido pela noite, por causa da sensibilidade que ele pode gerar. Ainda assim, mesmo que você o faça, é necessário utilizar proteção solar assim que sair pela manhã.

Cada ácido tem a sua particularidade, mas, de modo geral, exigem cuidados muito semelhantes.

O ácido retinoico, por exemplo, causa a fotossensibilidade.  Já o ácido salicílico afina um pouco a pele, então, além de fotossensibilidade, ele pode deixar a sua pele mais vulnerável aos danos solares. O ácido glicólico também causa irritação e, por vezes, até descamação. Ele não é recomendado por quem trabalha ao ar livre, por exemplo, nem mulheres grávidas e até pessoas de pele negra, pois pode causar o efeito contrário, gerando manchas e hiperpigmentação da pele.

 

Seja qual for o seu caso, quando indicados, os ácidos tendem a ajudar muito a amenizar ou tratar de vez os problemas, porém, como todo poderoso tratamento, ele deve ser indicado, ministrado ou simplesmente acompanhado por um dermatologista. Todo cuidado fará a diferença na hora de medis os resultados e evitar problemas ainda maiores.

Você faz o uso de algum ácido e gostaria de tirar dúvidas? Mande sua pergunta para o dermatologista!

COMENTÁRIOS


Lembre-se: este site não realiza consultas online nem receita medicamentos ou cosméticos. Reservamos o direito de escolher quais perguntas responder e apenas tiramos dúvidas específicas sobre problemas de pele.



COMENTÁRIOS




Escreva sua mensagem (Máx. 250 caracteres)