Poder-da-mente-sobre-o-corpo-3
Perguntas e respostas

Proteção solar através de capsulas: você já usou?

Tomar aquele solzinho no inverno é essencial e revigorante, e no verão é a paixão da maioria das pessoas! Mas, como todos bem sabem, a exposição ao Sol, seja qual for a época do ano, pode trazer diversos danos à pele, por isso, os filtros solares são de extrema importância.

Aliás, não apenas em dias ensolarados, mas em qualquer dia é necessário o uso do protetor solar. Já foi mais que provado que a exposição ao Sol é uma das principais causas de doenças de pele e do envelhecimento cutâneo. Isso acontece porque, ao se expor ao Sol, nosso corpo passa a produzir mais radicas livres nas células e reduz sua imunidade. Como consequência, temos alterações no DNA, que desencadeiam processos inflamatórios, ocasionando lesões, envelhecimento e até o câncer de pele.

O que são e como os fotoprotetores orais podem ajudar nesse caso?

Em outros posts, já falamos sobre como a nossa pele é capaz de se defender de impurezas e quaisquer agentes estranhos. Porém, esse mecanismo de defesa pode se esgotar de forma significativa. Demos um exemplo aqui, ao contar como a nossa pele reage quando precisa se defender dos raios UV e da poluição

Nesse cenário, as pílulas de fotoprotetores podem fazer a diferença, uma vez que oferecem suporte e otimizam esses mecanismos de defesa do corpo. Elas nada mais são que cápsulas prontas ou manipuladas que contém substâncias ricas em ativos antioxidantes. Esses antioxidantes neutralizam os radicais livres, protegendo, minimizando ou até mesmo revertendo os feitos do sol em nossa pele.

O processo ocasionado pela ação dos radicais livres acontece dentro do seu organismo, logicamente, então nada mais correto que trata-lo de dentro para fora, não é? É essa intenção ao fazer uso dos fotoprotetores orais.

Só para fazer uma comparação, os filtros solares comuns, que passamos sobre a pele, agem de forma a refletir os raios UV, impedindo que eles penetrem em nossa pele. Já os fotoprotetores orais, funcionam minimizando a ação desses raios depois que já penetraram a derme.

Eles realmente funcionam?

Uma vez que neutralizados, os radicais livres, que surgem por causa da exposição ao sol, não conseguem trazer tantos males ao nosso organismo. Por isso, eles realmente funcionam, mas não sozinhos. Toda proteção é essencial!

Um ponto de extrema importância e que devemos levar em conta é que cada fórmula deve ser elaborada individualmente, pois muitos detalhes são levados em consideração, especialmente sobre seus componentes – há vários ativos que podem ser utilizados e combinados, fazendo muito bem à sua pele.  Outro detalhe é que, como eles agem de dentro pra fora, e não diretamente na derme, só fará efeito depois de certo tempo de uso, portanto, a frequência e a quantidade, assim como a fórmula, devem ser indicadas pelo seu dermatologista.

Aliás, cabe uma observação: como a sua ação é gradual, não adianta se expor ao sol e depois ingerir várias cápsulas acreditando que a proteção aumentará.

Em quais ocasiões são mais indicados?

Com certeza nos meses mais quentes do ano, onde a radiação é maior e onde estamos mais expostos ao sol, principalmente porque nessas épocas utilizamos roupas mais leves e que cobrem menos o corpo.

Também são bastante indicados em casos onde o individuo está realizando um tratamento para manchas ou qualquer doença da pele que pode piorar sempre que exposto ao sol, como o Melasma, por exemplo. Sobre isso, vale a pena conversar com seu dermatologista e entender se eles se aplicam ao seu caso.

De qualquer maneira, vale lembrar, principalmente, que alguns componentes, como o betacaroteno, por exemplo, são contraindicados em alguns casos, por isso é essencial que tudo seja feito com a indicação e o acompanhamento de um dermatologista!

Ficou com alguma dúvida sobre essa forma de se proteger do sol? Fique à vontade para enviar suas perguntas para a nossa dermatologista!

COMENTÁRIOS


Lembre-se: este site não realiza consultas online nem receita medicamentos ou cosméticos. Reservamos o direito de escolher quais perguntas responder e apenas tiramos dúvidas específicas sobre problemas de pele.



COMENTÁRIOS




Escreva sua mensagem (Máx. 250 caracteres)