Conteúdos na Categoria

Perguntas e respostas

queloides-duvidas-sobre
Perguntas e respostas

Dermatologista Responde todas as dúvidas recebidas sobre queloides!

Quem já teve queloides sabe que essa é uma situação indesejada e muito incômoda, especialmente qual se manifesta em lugares mais visíveis. Elas podem acontecer em qualquer lugar do corpo, mas costumam ser mais frequentes em locais onde a pele é mais espessa, ou então mais pigmentada, entre outras características.

Então, mesmo que seja possível ter a manifestação de queloides em qualquer parte do corpo, é mais difícil que se formam nas mãos, pés e couro cabeludo, por exemplo. Já nas orelha, ombro, peito e braços, além da região do abdômen, é muito mais comum.

Os queloides são formados no processo de cicatrização, como uma cicatriz imperfeita. Portanto, é necessário ter muita cautela ao cuidar dessa região com queloide, por diversos motivos.

Recebemos, nos últimos tempos, diversas perguntas bem específicas relacionadas ao tema. Confira se a sua dúvida se encaixa a alguma dessas e, caso tenha perguntas a fazer, envie ao nosso dermatologista!

Tenho algumas queloides no tórax e no ombro. Sinto-me horrível com isso e o tratamento para retira-las é um pouco caro. Gostaria de saber se eu poderia usar alguma pomada? Algo que me ajude.

Dermatologista: Dependendo do tamanho do queloide, pomadas e cremes não vão fazer efeito, pois quase não conseguem penetrar. Nesses casos está indicada a infiltração, procedimento em que o médico injeta um medicamento dentro do queloide, fazendo-o melhorar aos poucos.

Aonde posso fazer tratamento de queloides? Queria fazer infiltrações de corticoide.

Dermatologista: O tratamento de infiltração em queloides é feito por dermatologistas em consultório normalmente.

Tenho uma queloide no tórax, caso eu passe uma pomada ácida e em seguida uma pomada com corticoide, a queloide some?

Dermatologista: Não recomendo. A irritação causada pelo ácido poderá fazer o queloide crescer mais. Então antes de tentar algum tratamento sem orientação, procure um dermatologista.

Já tive queloide devido ao primeiro furo na orelha, consegui amenizar de forma considerável com infiltrações com corticoide. Será que posso voltar a usar esse furo novamente?

Dermatologista: Não é aconselhado, pois o queloide pode crescer novamente.

Tenho uma queloide no peito e faço tratamento com o adesivo oclusivo, porém, sempre que paro de usar, minha queloide volta a crescer. O que devo fazer para que ele não cresça mais? Vou ter que usar esse adesivo para sempre ?

Dermatologista: Os queloides têm uma forte tendência a crescer, e os adesivos costumam funcionar bem no tratamento. Porém quando são grandes, aplicações de medicamentos diretamente neles por injeção tem melhores resultados. Converse sobre isso com seu dermatologista.

Tive um acidente de carro no qual fiquei preso às ferragens. Meu rosto teve queimaduras por conta de bateria do carro. Queria saber como tratar, já tem 3 meses , e como eliminar a queloide e a queimadura no rosto, ou diminui-las?

Dermatologista: Se a formação de queloide já tiver acontecido, o ideal é procurar um dermatologista ou cirurgião plástico pra saber sobre os possíveis tratamentos, que vão depender do tamanho do queloide.

Tenho interesse em realizar o microagulhamento com espessura 0,5 mm para tratar melasma em face. Há algum risco para queloide, visto que já realizei duas cirurgias e não saiu, porém, numa retirada de névus no colo deu queloide.

Dermatologista: Quem tem tendência a queloide pode desenvolvê-los sempre que houver alguma perfuração ou machucado na pele. Sendo assim, não há como ter certeza se você terá ou não após o microagulhamento.

Gostaria de saber se quem tem queloide pode se bronzear? Passei por uma vídeolaparoscopia em 10/12/16 para retirada da vesícula e as cicatrizes formaram queloides. Gostaria de saber se posso passar algum gel para amenizar, elas estão pequenas.

Dermatologista: Você deve procurar o médico que realizou a cirurgia pra ser orientada em relação ao tratamento do queloide.

Gostaria de tirar uma dúvida. Furei o nariz e deu uma queloide na parte interna do mesmo. Estou usando diprogenta, todavia, o queloide não sumiu, apenas diminuiu. Com irá fazer 7 dias de uso, o melhor é dar uma pausa agora e retornar quando?

Dermatologista: Existem medicamentos melhores que a Diprogenta para o tratamento de queloides, com excelente efeito. Consulte um dermatologista.

Tenho uma dúvida sobre o uso de Minoxidil em queloides. Através do uso, seria possível nascer cabelo no tecido da queloide? Se sim, procurarei uma dermatologista o mais rápido possível!

Dermatologista: Dificilmente crescem cabelos sobre queloides, mesmo usando minoxidil.

Tenho um pequeno queloide na região do couro cabeludo, perto da testa, e gostaria de fazer botox capilar. Será que teria algum problema? Porque a “química” iria cobrir o queloide juntamente com os fios.

Dermatologista: Se a química causar alguma inflamação intensa no seu couro cabeludo, poderá piorar o quelóide.

Fazer tatuagem em cima de uma queloide pode dar algum problema?

Dermatologista: Sim, pode estimular o aumento do tamanho do queloide.

Crioterapia serve como tratamento só para queloides imaturas ou nas antigas também?

Dermatologista:  Há inúmeras opções de tratamento pros quelóides, vai depender do tamanho e da localização . A crioterapia é uma delas, e desde que bem indicada pode ser usada em qualquer tipo de quelóide.

cuidados-da-pele-na-primavera
Perguntas e respostas

Será que a chegada da primavera requer cuidados especiais para a sua pele?

Como todos bem sabem, tem mais uma troca de estação à vista: a primavera vem aí no dia 22 de setembro. Assim como acontece no verão e inverno, será que podemos aguardar uma mudança brusca em nossa pele?

O mais comum, aqui no Brasil, é que o inverno e verão mantenham mais suas características únicas, que todo mundo sabe definir muito bem qual é. Ainda assim, quando o assunto é cuidado com a pele, é importante se aproveitar da Primavera também. Isso porque sua chegada é a saída do inverno, época em que a pele fica muito mais ressecada e desidratada.

Portanto, essa é a fase de descanso da pele e o momento ideal para recuperá-la. Já havia pensado nisso?

O que você pode fazer na Primavera para cuidar de sua pele?

Bom, a chegada da estação traz também o aumento gradual das temperaturas, dias mais ensolarados e aumenta a umidade do ar. Por isso, aquele passo a passo básico deve ser mantido e é o mais ideal:

Limpeza da pele – faça isso pelo menos duas vezes ao dia.

Hidratação – preferencialmente logo após o banho.

Proteção solar – de manhã, no horário do almoço, e no meio da tarde.

Como é a exposição solar na Primavera?

Quanto ao Sol, a dica vale para todas as estações: protetor solar deve ser usado todos os dias, seja no Inverno, no Verão, Outono ou na Primavera. É claro que o verão caracteriza-se pelo predomínio do Sol e pela maior incidência dos raios UV, ainda assim, na Primavera já devemos ficar ainda mais atentos, pois aqui os dias começam a ficar mais ensolarados e, inclusive, é quando já começamos a contar os dias para o horário de verão: quando os dias de sol passam a ser mais longos!

Poluição e pólen das flores

É exatamente isso que você está imaginando! Nessa época, até o pólen das flores podem desencadear alergias. Porém, isso não ocorre em uma pele devidamente hidratada e protegida, portanto, vale redobrar a atenção nessa época também por esse motivo.

Sobre a poluição, fica evidente que ela aumenta bastante na Primavera e no Verão. Portanto, é hora de começar a ter cuidados nesse aspecto. Ela também é responsável por causar muitos danos à pele, como já havíamos dito aqui

Uma dica valiosa: a água termal

Nessa época, com o aumento da calor e da exposição solar, é natural a poluição e o suor. Isso tudo pode causar espinhas e cravos, ocasionados pelo aumento da oleosidade da pele. Por isso, a água termal é um dos itens mais importante nos cuidados no dia a dia, enquanto estivermos nessa estação – e a dica se estende para o verão também, é claro!

Além de poder ser usada várias vezes ao dia, não há nenhuma restrição. Todas as pessoas, com todos os tipos de pele, podem utilizá-la! Ela ajuda a repor os sais minerais perdidos durante o dia, limpar impurezas e hidratar a pele. Mantenha um frasco e dê algumas borrifadas na pele durante o dia!

Ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, ou adoraria enviar uma pergunta para a nossa dermatologista? Como você está se preparando para a nova estação? Fique à vontade para enviar sua mensagem aqui nos comentários ou clicando aqui!

dicas limpeza de pele
Perguntas e respostas

As principais dúvidas sobre limpeza de pele!

É unânime: a limpeza de pele é recomendada para quase todas as pessoas, muito por causa de seus benefícios. Mas, não pense que basta cuidar de limpar a pele diariamente, removendo resíduos de maquiagem e poluição apenas. Essa etapa é sim muito importante, mas não basta!

Uma boa limpeza de pele é capaz de desintoxicar a derme, remover células mortas, manter a pele saudável e visivelmente mais macia, evitar o aparecimento de cravos e espinhas através do controle da oleosidade, além de desobstruir os poros.

De forma resumida, essa é uma etapa dos cuidados da pele que todo mundo precisa, com certa frequência, reservar um tempinho para fazer.

Até mesmo quem costuma limpar e remover bem os resíduos de poluição e maquiagem diariamente sabe que algumas coisas só são eliminadas da pele quando recorremos a essa limpeza de pele mais profunda.

Listamos todos os benefícios da limpeza de pele, cuidados e dúvidas que você adoraria sanar com um dermatologista. Confira e, caso tenha alguma outra dúvida, fique à vontade para nos enviar nos comentários dessa matéria ou clicando aqui!

Qual tipo de pele pode passar por uma boa limpeza?

Todas elas podem passar por limpeza de pele. O passo a passo é o mesmo, mudando alguns detalhes como o uso de alguns produtos mais secativos, para peles oleosas, ou mais hidratantes, para peles mais secas. De modo geral, todos os tipos de pele podem ser beneficiados por esse procedimento.

Mas, há alguma situação em que a limpeza não é bem indicada?

Não existem muitas contra indicações, mas, geralmente, quem faz uso de ácidos, ou recém fez procedimento como peelings e lasers, que deixam a pele mais sensibilizada, pode sofrer alguma irritação. Portanto, um dermatologista provavelmente evitará o procedimento nesse tipo de pele.

Outra dúvida que muita gente tem, é sobre a limpeza de pele para remoção de espinhas. Na verdade, ela não é indicada nesses casos para que não agravem o quadro, nem deixem cicatrizes. Portanto, o ideal é tratar as acnes antes, ou realizar limpezas com mais frequência, na intenção de evitá-las.

Peles que apresentem vermelhidão, sensibilidade e até mesmo rosácea, não devem passar pelo procedimento também. Se há algum herpes em momento de crise, a limpeza de pele também não é aconselhada.

O que exatamente a limpeza de pele consegue eliminar?

Já fomos questionados se a limpeza de pele é boa para tudo mesmo, como as manchas, por exemplo. A resposta é não! Para esse objetivo, o tratamento é outro.

A limpeza feita no consultório serve para remover as impurezas da pele, principalmente porque elas podem ser as causadoras de problemas como cravos abertos e fechados, acnes, millium, além de remover células mortas da pele.

Esse procedimento pode ser feito tanto no rosto (o mais comum e mais procurado), quanto em outras partes igualmente oleosas do corpo, onde esses problemas são também recorrentes, como as costas e o colo, por exemplo.

Cuidados antes e depois da limpeza de pele

Antes de fazer, qual é a preparação? Existe alguma? E depois de feito, quais são os cuidados necessários? Muita gente pensa nisso antes mesmo de se submeter a um procedimento de limpeza de pele.

Não é preciso fazer nada antes de ir para uma limpeza de pele, muito menos esfoliá-la! Aliás, esse é um procedimento que não orientamos.

Já após realizar o procedimento, os cuidados são mais simples do que se imagina: deixe sua pele descansar totalmente! Não utilize nada muito agressivo e, principalmente, não se esqueça de se proteger bem com um filtro solar, de preferência que seja oil free ou toque seco, para que não comprometa a limpeza.

Mesmo com a proteção do filtro solar de forma regrada, o ideal é que não haja exposição ao sol.

A limpeza deve ser feita por um dermatologista ou esteticista?

Os dois profissionais caminham juntos, mas, cada caso é um caso. Um esteticista pode sim fazer sua limpeza de pele, porém, isso pode depender da atual situação de como sua derme está. Por exemplo, numa pele com muitas acnes, é importante a avaliação, supervisão e a passada pelo dermatologista antes, para que ele possa tratá-la e ela tenha uma melhor aceitação e facilidade na hora da limpeza de pele.

É verdade que não posso fazer limpeza de pele mais de uma vez ao mês?

Depende. Geralmente, essa indicação deve partir de seu dermatologista, mas, de modo geral, peles mais oleosas podem sim fazer a limpeza de pele duas vezes ao mês e as peles mais secas 1 vez ao mês.

Existe algum risco em se fazer uma limpeza de pele?

A pele leva aproximadamente 48h para se recuperar de uma limpeza, portanto, nesse período é necessário que não se faça o uso de nenhum outro produto ou procedimento, além de redobrar os cuidados com o sol. Fora isso, não há nenhum risco, apenas cuidados maiores.

 

Lembrando que para cada pele há uma recomendação muito específica. Então, antes de qualquer coisa, consulte-se com seu dermatologista e siga todas as orientações antes e pós limpeza de pele!

 

E você, já teve algum problema ao realizar uma limpeza de pele e gostaria de compartilhar seu caso? Ou então, fará uma limpeza de pele e tem alguma dúvida sobre o procedimento? Fique à vontade para fazer sua pergunta ao dermatologista!

queda-cabelo-minoxidil
Perguntas e respostas

Dermatologista responde a todas as dúvidas sobre o uso do minoxidil

Calvície, perda de cabelos, falhas, entre outros problemas. Quem nunca procurou, desesperadamente, por uma saída para reverter esses problemas e voltar a ter pelos e cabelos como antes? Em grande parte dessa procura, as pessoas acabam chegando ao minoxidil.

Muita gente provavelmente já ouviu falar e até já testou esse ativo, geralmente comercializado com muitos nomes, como Aloxidil, Rogaine, Regaine, entre tantos outros, que faz crescer pelos e cabelos onde há falhas, ou que simplesmente interrompe sua queda.

O minoxidil funciona fortalecendo os folículos capilares, retardando ou recuperando os fios e pelos da região. É claro que, como todo medicamento, ele pode funcionar ou não, dependendo de cada caso. A verdade é que ele atua fortalecendo esses folículos, o que significa que pode sim trazer bons resultados quando usado no começo da queda. Porém, quando a queda é quase total, dificilmente trará resultados.

Isso tudo dependerá também da causa da queda de pelos e cabelos. Por isso, mais uma vez, o acompanhamento de um dermatologista fará toda a diferença. Aqui nesse post, unimos os principais motivos para queda de cabelos e os tratamentos mais comuns.

O caso é que o uso de minoxidil, assim como tantos outros tratamentos, acaba por trazer dúvidas muito específicas. Por isso, resolvemos juntar algumas das que recebemos por aqui com as respostas de nossa dermatologista.

Pode ser que você se identifique com algumas delas e possam te ajudar, mas, se quiser enviar sua dúvidas a respeito do minoxidil, fique à vontade para utilizar os comentários dessa matéria ou clique aqui e nossa dermatologista responderá!

Confira!

Estou usando Azelan creme e gostaria de usar Minoxidil para crescer a barba. Posso fazer o uso dos dois juntos?

Dermatologista: Termine o tratamento com Azelan e aí inicie o Minoxidil.

Oi estou usando o Minoxidil uma vez por dia e aumentei a quantidade. Minha cabeça e rosto encheram de caroços. Será que foi superdosagem? Já suspendi o uso! Essa reação desaparece em quantos dias? Desde já, agradeço.

Dermatologista: A chance de ser superdosagem é pequena, pois em geral recomendamos usar o Minoxidil 2 vezes ao dia.

Gostaria de saber se o uso de Minoxidil 5%, usado no rosto para o crescimento da barba, pode agravar o aparecimento de Grânulos de Fordyce? Procurei por toda a internet e não achei respostas. Obrigado, desde já.

Dermatologista: O Minoxidil não piora os grânulos de Fordyce .

Gostaria de saber a respeito do Minoxidil. Comecei a usá-lo há 3 semanas e eu já estava tendo problemas com acne e o Minoxidil piorou muito meu problema. Estou tendo espinhas enormes, que nunca param de nascer em constantes áreas. Devo suspender?

Dermatologista: O Minoxidil não causa acne. Você deve procurar seu dermatologista pra ser orientado corretamente sobre o tratamento.

Posso usar o Minoxidil durante o dia, e a noite passar o Vitacid 0,25 no mesmo local?

Dermatologista: Não, pois o Vitacid descama a pele e o Minoxidil por conter álcool pode causar irritações e vermelhidão.

Fazer o uso do Minoxidil, juntamente com o Roacutan, pode causar manchas no rosto?

Dermatologista: Se estiver usando Minoxidil no rosto, pode manchar sim. Se for no cabelo, não.

Comecei a usar Minoxidil há algumas semanas e tenho total conhecimento sobre os efeitos colaterais, porem, queria saber sobre o fato de descascar a pele e queria saber se esses resíduos saem sozinhos?

Dermatologista: Em geral, o Minoxidil não causa descamação na pele. Melhor você avaliar se está usando algum outro produto e retornar com seu dermatologista.

Tenho 27 anos e possuo uma barba com muitas falhas. Qual seria o verdadeiro problema e existe uma maneira de poder aumentar o volume? Ouvi falar de Minoxidil, ele resolve ?

Dermatologista: O ideal seria você ser examinado por um dermatologista, pois dependendo do tipo de falha, o Minoxidil pode não funcionar.

Há um ano terminei o tratamento para Hanseníase virchowiana. Durante o tratamento, tive perda de pelos nas sobrancelhas e cílios. Gostaria de saber se o Minoxidil é eficaz na recuperação dos pelos. Minha dermato não soube responder.

Dermatologista: O Minoxidil pode ajudar no crescimento das sobrancelhas, porém pros cílios há um produto específico cujo nome é Bimatoprosta, converse sobre isso com sua dermatologista.

Vou começar o uso de tretinoína e hidroquinona no rosto, e queria saber se posso passar Minoxidil também, ou se devo evitar agora.

Dermatologista:  Se o Minoxidil for aplicado na face, o ideal é você só utilizá-lo quando terminar o tratamento com Tretinoína. O uso dos dois juntos pode causar irritações na pele.

Tenho uma dúvida sobre o uso de Minoxidil em queloides. Através do uso seria possível nascer cabelo no tecido da queloide? Se sim, procurarei uma dermatologista o mais rápido possível!

Dermatologista: dificilmente crescem cabelos sobre queloides, mesmo usando Minoxidil.

Estou usando Minoxidil 5% para o crescimento de pelo no rosto e estou preocupado pelo fato de que daqui há 4 meses precisarei fazer uma avaliação física. Gostaria saber se o Minoxidil é uma substância proibida para o doping.

Dermatologista: A absorção do Minoxidil no sangue é muito pequena ou quase nada, mas pra você ter certeza se ele é proibido ou não melhor perguntar pra algum especialista na área.

Li em alguns lugares que o Minoxidil, caso pare de ser usado, acabará acarretando na queda dos pelos (pretendo utilizá-lo para corrigir duas falhas que tenho na barba). Isso procede? Se sim, nas partes em que tenho barba normal também ocorrerá queda?

Dermatologista: O Minoxidil estimula o crescimento de pelos nas áreas com falta. Onde há pelos eles continuarão normalmente.

Queria saber se o Minoxidil loção 5% pode causar aceleramento cardíaco, tonturas e visão embaçada, pois quando usei tive estes sintomas. Antes de usar nunca tive nenhum problema assim. Eu usava 27 gotas no couro cabeludo, sendo duas nas sobrancelhas. Queria saber se ele pode causar mesmo esses colaterais?

Dermatologista: O Minoxidil 5% praticamente não é absorvido no sangue, ou seja, não provoca esses sintomas que você descreveu.

remover-cravos-com-seguranca
Perguntas e respostas

Cravos: é possível removê-los sem agredir a pele?

Você já deve ter percebido que não dá muito para fugir das acnes e cravos, né? Isso porque eles podem ocorrer por inúmeras causas, sendo elas internas ou externas. Já falamos aqui nesse post, sobre as melhores maneiras de evitá-las. Então, ainda que vez ou outra apareçam, podemos amenizar essa situação!

É claro que alguns casos mais específicos devem contar com a avaliação e orientação de um dermatologista, que saberá indicar a melhor forma de tratamento. Nesse caso, a limpeza de pele profissional também pode ser uma boa saída.

Mas, já que provavelmente eles estão aí, podemos removê-los, se notarmos que é possível. Isso se forma aqueles cravos que vez ou outra aparecem naturalmente, sem a necessidade de procurar um consultório. O ponto mais importante é não se render às técnicas inventadas, que são tão facilmente espalhadas por aí, nem sair espremendo esses cravos de qualquer jeito.

A ideia aqui é que você consiga limpar esses cravinhos da pele, sem que fiquem manchas, inflamações e cicatrizes.

O que exatamente é o cravo?

Ele é o tipo mais comum de acne e se divide especialmente em dois: os abertos, aquele com pontinho preto, e os fechados, que são mais amolecidos e mais claros. Cuidado para não confundi-los com as espinhas.

Passo a passo para removê-los em casa com segurança

1 – Lave as mãos e lave muito bem a pele antes de começar

2 – Use um sabonete adstringente no rosto

3 – Esfolie a pele suavemente, em movimentos circulares

4 – Feito isso, aplique um tônico facial

5 – Prepare um bacia com água fervente e aproximadamente 20 gotas de óleo de melaleuca.

6 – Aproxime a face do vapor da mistura. Isso facilitará a abertura dos poros.

7 – Comece a extração, utilizando algodões, de forma leve. Não esprema as espinhas, apenas os cravos.

8 – Terminando, aplique novamente o tônico e finalize com seu filtro solar.

 

Lembrando que todo esse procedimento só deve ser realizado em cravos mais comuns e que não apresentem outros problemas, como a dor, por exemplo, ou inflamação caracterizando espinhas. Casos mais complexos devem mesmo ser tratados com um dermatologista.

 

Tem alguma dúvida? Envie sua pergunta para a nossa dermatologista clicando aqui!

potencializar-acao-do-hidratante
Perguntas e respostas

3 passos e 1 dica para melhorar a ação do seu hidratante

Vamos direto ao ponto: independentemente do seu tipo de pele, a hidratação é uma etapa para todos! Por isso mesmo, há uma série de hidratantes para os mais diversos tipos de pele, e com fórmulas bem específicas para cada caso. Portanto, não fuja dessa etapa!

Seja como for, sempre há aquele momento em que sentimos que o nosso hidratante não é o suficiente. Então, o que fazer? Deixar de usá-lo? É claro que não!

A ideia é potencializar sua ação. Mas, cuidado: há, especialmente pela internet, diversas dicas e receitas de produtos, indicando a mistura com seu hidratante. Nem todos têm seus efeitos dermatologicamente testados e devem ser antes analisados, porque cada pele pode reagir de uma forma e, às vezes, até piorar algum problema que você tenha!

Antes de testar qualquer coisa, saiba que seu dermatologista é o seu maior aliado e a única pessoa que pode lhe dizer, com certeza, o que funcionará em sua pele.

Sendo assim, trouxemos algumas dicas de como potencializar a etapa de hidratação de pele, sem ter que recorrer a receitas malucas, e que todo mundo pode fazer em casa.

Primeiro: o que é preciso saber antes de potencializar um hidratante

Antes mesmo de sair acrescentando outros produtos ao seu creme hidratante, é importante saber que todos eles possuem fórmulas e ações que precisam ser respeitadas. No caso dos hidratantes faciais, eles já possuem substâncias bem concentradas. Sendo assim, não aconselhamos a mistura com outros produtos, afinal, seus ativos podem perder sua função.

Para os hidratantes corporais, que são muito menos concentrados, é possível potencializar sua hidratação, mas com produtos mais simples. Desconfie de fórmulas muitos sofisticadas e produtos difíceis de encontrar. Geralmente, as melhores opções são o óleo de amêndoas, a glicerina, entre outras opções de óleos mais naturais, silicone e vaselina.

O mais importante é tomar cuidado com esse detalhe: nunca misture no mesmo frasco os dois produtos. Opte por usá-los juntos no momento de hidratar o corpo.

Melhor que potencializar o hidratante, é potencializar a hidratação!

O que queremos dizer com isso: que alguns passos podem facilitar a ação de seu hidratante, por vezes, muito mais do que acrescentar outros hidratantes ao produto.

Por isso, trouxemos aqui 3 dicas que muita gente já conhece, mas provavelmente não coloca em prática. O que a maioria das pessoas não sabe é que, se feito corretamente, essas dicas são muito mais valiosas que acrescentar outros produtos ao hidratante.

São elas:

1.Massagem com o hidratante 

Todos nós sabemos que a pele reveste o corpo e, por isso, é bem impermeável, o que dificulta a penetração de qualquer substância. Por isso, quanto mais massagear a pele ao passar o hidratante, melhor será absorvido.

2. Esfoliação da pele

Não é necessário usar sempre, e nem é recomendado também. Porém, semanalmente, é uma ótima forma de retirar aquele excesso de células mortas e, assim, retirar a barreira que impede o hidratante de atuar em sua pele.

3. Pós-banho

A pele fica visivelmente mais “molinha” após o banho, e não é à toa. Quando ela está úmida, os poros aumentam sua capacidade de absorção. Esse é o momento ideal de passar seu hidratante, logo após o banho.

Dica: encontre os produtos com nanotecnologia

Provavelmente você já viu em algumas embalagens de produtos essa especificação. Isso quer dizer que esse produto em questão possui nanoesferas que conseguem, com muito mais facilidade, carregar os ativos presentes naquele produto para as camadas da pele, inclusive as mais profundas.

Elas realmente funcionam e é uma forma que a ciência encontrou de potencializar a ação dos produtos, não apenas hidratantes, mas outros dermocosmeticos. Portanto, na hora de escolher seu hidratante, se possível, opte pelos produtos com nanotecnologia!

 

Se você chegou até aqui, provavelmente tem uma série de dúvidas sobre receitas caseiras e medidas que já havia tomado para melhorar a ação de seus hidratantes. Se houver dúvidas a respeito disso ou de qualquer passo que explicamos no texto, pode ficar à vontade para enviar sua pergunta para a nossa dermatologista!

Duvidas sobre protetor solar
Perguntas e respostas

Dermatologista Responde: O protetor solar com cor pode ser usado na praia?

Para a alegria de muita gente, nessa semana tivemos a combinação perfeita: sol, tempo aberto e quente, e um feriado no meio da semana! É claro que essa mistura, para grande parte das pessoas, dá em praia.

Quem ainda não desenvolveu o hábito de usar o protetor solar TODOS OS DIAS, inclusive nos dias em que não há sol, sempre acaba se lembrando desse item ao menos nesses momentos.

Por isso, se você está na praia, curtindo a folga, com muito sol em grande parte do Brasil, pode ser que alguma dessas dúvidas sobre o protetor solar, em diversos casos, também seja a sua!

Tem alguma dúvida também? Envie para a nossa dermatologista e nós responderemos aqui!

Antes de seguir, lembre-se: faça do protetor, um hábito! A radiação solar é responsável por diversas doenças de pele, incluindo o câncer, manchas, e o maior causador do envelhecimento precoce. Além disso, existem diversos tipos de protetores ideais para te acompanhar no dia a dia e até proteção solar em cápsulas, como falamos aqui recentemente!

Perguntas respondidas por nossa dermatologista sobre proteção solar

O protetor solar com cor pode ser usado na praia, ou é melhor usar somente o protetor solar comum?

Dermatologista: Pode ser usado o protetor solar com cor sim, desde que seja reaplicado cada 3 horas. Essa regra também vale para o protetor solar sem cor.

Tenho dermatite seborreica no rosto e faço uso da pomada Desonol/desonida. Um pouquinho que fico exposto ao sol, meu rosto queima rápido demais. Gostaria de saber sobre algum protetor solar para usar junto com essa pomada. Obrigado!

Dermatologista: O protetor solar mais indicado pra quem tem dermatite seborreica na face deve ter “toque seco”, “efeito matte” ou “loção oil free”. Produtos cremosos devem ser evitados pois pioram a dermatite pelo aumento de oleosidade da pele.

Atualmente, aplico pelo manhã um hidratante manipulado com vitaminas A, C e E . Logo após, uso o protetor solar. Gostaria de saber se posso manipular essa fórmula do hidratante com proteção solar? Fará alguma diferença a pele?

Dermatologista: Eu, particularmente, não gosto de manipular protetor solar. Existe uma variedade muito grande de produtos no mercado. Melhor usar hidratante e protetor solar separadamente.

Estou usando Vitanol A e resolvi ir à praia. Lavei bem o rosto e passei protetor solar.
Ao chegar na praia, fiquei sob o guarda sol, só me expondo ao mergulhar. Passava sempre protetor e, mesmo assim, as manchas se agravaram em minha pele. O que fazer?

Dermatologista: Sugiro suspender o produto, usar protetor solar a cada 4 horas e procurar seu dermatologista.

Quanto à rotina de cuidados com a pele do rosto, é correto dizer que a sequência apropriada de produtos se inicia com o sabonete, depois tônico/adstringente, anti idade, hidratante e, por último, protetor solar? Tenho 29 anos e minha pele é oleosa.

Dermatologista: Como você tem a pele oleosa, o ideal é não usar o hidratante. O o anti idade melhor ser usado a noite. O protetor solar deve ter toque seco ou ser em gel para não piorar a oleosidade.

Gostaria de saber que tipo de protetor solar, com ou sem cor, eu devo usar para minha pele muito branca e seca? Minha pele é muito sensível ao sol.

Dermatologista: Na verdade, o fato de ter cor não influencia na proteção, o que é realmente importante é usar o protetor solar todos os dias reaplicando a cada 4 horas, pelo menos FPS 30. Se sua pele é seca, opte pelos mais cremosos, que hidratam mais.

Tenho melasma há uns anos. Já fiz tratamento com homoskin e, no começo, clareou. Quero saber qual protetor solar adequado para usar?

Dermtologista: O protetor solar ideal é aquele que combina com sua pele, ou seja, se ela for oleosa é indicado um que seja gel, loção oil free ou toque seco. Se sua pele for seca, melhor que seja cremoso. O ideal é pelo menos FPS 30, reaplicando cada 4 horas.

quantidade-certa-produto-pele
Perguntas e respostas

Como acertar a quantidade de cada produto na pele?

Hoje trouxemos algumas dicas que com certeza te ajudarão a usar os produtos para o tratamento da sua pele. Já contamos aqui que a ordem de uso dos dermocosméticos são super importantes e influenciam muito em seus efeitos. Agora, vamos falar sobre a quantidade!

Você sabe exatamente o quanto de hidratante deve usar? E aquele ácido que você usa durante a noite, será que não está passando em excesso, ou pouquíssimo? Como você costuma medir a quantidade desses produtos? Não basta apenas ir ao dermatologista e optar pelos produtos certos para o seu tipo de pele, é necessário usá-los da maneira correta também.

Porque esse cuidado é tão importante?

Porque a nossa pele, especialmente a do rosto, tem uma capacidade de absorção reduzida, e esses produtos, como todos devem saber, fazem efeito assim que absorvidos pela pele. Portanto, para que ele possa agir, é necessário que seja corretamente absorvido e que, nesse meio termo, não cause outros problemas, como o excesso de oleosidade na pele, por exemplo. Esse problema em específicos acontece muito quando a textura do produto é em creme. Portanto, muito cuidado!

Como devo saber?

Primeiro, que alguns produtos já indicam em sua embalagem a quantidade correta a ser utilizada. Mas, nada melhor que o seu dermatologista, que conhece sua pele, e possa indicar a quantidade para o seu caso.

De maneira geral, o correto é que qualquer produto seja passado numa quantidade que forme apenas uma camada fina sobre a pele. Nada mais que isso, senão a pele terá dificuldades em absorvê-lo.

E qual é a quantidade ideal aproximada para cada produto?

O protetor solar é um dos únicos com quantidade definida para uso. Melhor que aplicá-lo em excesso, é aplicar a quantidade ideal e reaplicá-la durante o dia, quantas vezes forem necessárias. Portanto, separamos alguns dos produtos de maior uso aqui:

Protetor solar: o ideal, é que o rosto receba uma colher de chá de filtro solar. Essa quantidade serve tanto para o rosto, quanto pescoço. Para a região do tronco, use duas colheres de chá. Para os braços e mãos, é uma colher de chá em cada lado, e duas para cada perna e pés.  Reaplique a cada 4 horas.

Limpeza facial: Já os produtos de limpeza facial podem ser utilizados a quantidade de uma tampa d’água, mas vai depender da maquiagem. Portanto, reaplique-o com delicadeza até que o rosto esteja totalmente limpo.

Creme anti-idade: como será usado no rosto e pescoço, use o equivalente a uma colher de chá.

Hidratante facial: aqui, pode ser utilizado a quantidade equivalente a uma moeda de 5 centavos, por exemplo. No corpo, use o equivalente a uma bolinha de ping-pong.

Produtos para a região dos olhos: o suficiente é do tamanho de um grão de arroz e nada mais, para cada olho.

Séruns: não é porque são mais finos, que podemos abusar da quantidade. Use também uma camada fina, do tamanho de um grão de feijão, o suficiente para formar uma camada delicada em seu rosto.

Cremes para tratamentos: aqui, pode ser uma quantidade levemente maior que as do hidratante, que formem uma camada suficiente para cobrir o rosto, que também seja fina, mas tenha consistência.

Primer: também do tamanho de uma moeda de 10 centavos, que forme uma camada fina para preparar seu rosto para a maquiagem.

 

Lembre-se que nem todos esses produtos devem ser utilizados juntos. Em locais com o clima de moderado a quente, por exemplo, o ideal é que se use 2 camadas de produtos na pele e nada mais. Alguns devem ser utilizados a noite, outros podem ser substituídos por produtos 2 em 1, como a maquiagem com protetor, por exemplo.

Tem algum produto que você adoraria saber a quantidade exata e não listamos aqui, ou ficou em dúvida sobre a quantidade de algum dos produtos? Então, envie seu comentário ou pergunta para a nossa dermatologista!

be_bettwaesche
Perguntas e respostas

Sempre acordo com o rosto inchado: o que fazer?

Situação um tanto quanto comum entre grande parte das pessoas. Quem não acorda com o rosto inchado, ainda que com certa frequência? É normal, mas tem uma explicação e pode ser controlada ou diminuída.

É normal também que, ao longo da manhã, o rosto vá desinchando. Mas, e quando temos um compromisso muito cedo? Seria legal que pudéssemos evitar isso, não é?

Por isso, hoje explicamos aqui o motivo desse inchaço matinal e quais são os métodos para amenizá-lo!

Por que acordamos com o rosto e, principalmente, os olhos inchados?

Primeiro vale salientar que isso não acontece apenas no rosto, mas em todas as extremidades do corpo, inclusive nas mãos. Já dormiu com anéis que, normalmente cabem nos seus dedos, mas pela manhã é impossível tirá-los? Pois é!

O que acontece com o nosso corpo enquanto dormimos é que o líquido extracelular, o que fica entre as células, se espalha. Como estamos deitados, acabam se acumulando mais entre as mãos, cabeça, especialmente o rosto, e pés. Durante o dia, como permanecemos na posição vertical, ele acaba indo para as regiões baixas do corpo. Por isso muitas pessoas ficam com os pés inchados ao final do dia. Faz muito sentido!

Outra coisa que contribui e muito com esse inchaço quando dormimos, é a retenção de líquidos. Quem não tem uma boa circulação, ingere álcool e muito sal, tende a ter esse quadro mais acentuado. Então, o controle disso também será muito eficaz!

O que fazer para aliviar o inchaço pela manhã?

Primeiramente, como isso também pode acontecer devido ao sistema linfático, é de extrema importância que façamos a ingestão correta de água durante o dia. Tome bastante água e tente maneirar no sal e álcool.

Nem sempre tem a ver com dormir bem ou mal, às vezes acordamos assim mesmo com muitas horas de sono. Mas, a posição em que você dorme pode ajudar bastante. De bruços, o efeito dos inchaços é maior. Dormir virado para cima ainda é a melhor opção.

Mesmo assim, acordei com o rosto e olhos inchados. O que posso fazer?

Como nem sempre é possível evitar, a ideia é diminuir mais rápido esse inchaço dos olhos, especialmente antes de sair de casa! Algumas dicas são:

– Lavar o rosto com água fria ou gelada, tentando massagear a face com leveza. Esse movimento, além de melhorar a aparência do rosto, também pode contribuir com peles muito oleosas.

– Uma dica que muita gente ainda não conhece, é com a água termal. Já falamos sobre ela aqui no blog. A sugestão é que deixe um frasco com água termal dentro da geladeira. No dia seguinte, assim que acordar, borrife a água termal no rosto.

– Faça isso com um chá de camomila também. Ele tem ação calmante e pode ajudar. Coloque-o na geladeira e faça um compressa de aproximadamente 5 minutos com ele, quando acordar.

– Use hidratantes na região dos olhos, com a indicação de um dermatologista.

 

É claro que se a condição for muito incômoda, o ideal é procurar um dermatologista. Juntos, vocês podem analisar a situação e encontrar uma situação mais assertiva para o seu caso!

E você, como costuma acordar pela manhã? Conhece algum truque para desinchar os olhos que não contamos aqui? Deixe nos comentários, ou, se tiver alguma dúvida, pergunte ao dermatologista!

Pele_1-960x589_c
Perguntas e respostas

Dermatologista Responde: li que a hidroquinona faz mal à saúde, é verdade?

Como já postamos aqui anteriormente, a hidroquinona é um assunto que gera muito debate entre profissionais e pacientes. São muitos e muitos relatos de pessoas que tiveram ótimos resultados usando a hidroquinona, assim como outras que não tiveram experiências tão positivas.

Publicamos há algum tempo uma matéria desmistificando algumas questões sobre a hidroquinona. Se você ainda não viu, vale dar uma conferida em todos os pontos que abordamos clicando aqui!

Depois dessa matéria, e quase que diariamente, recebemos muitas dúvidas  sobre o uso, o que pode e o que não pode, além de orientações sobre como proceder em determinadas situações envolvendo o uso do produto.

Resolvemos, então, reunir algumas dessas perguntas aqui nesse post, com a explicação de nossa dermatologista sobre cada caso. Se você faz uso do hidroquinona, provavelmente alguma das respostas poderão te ajudar. Caso não, fique à vontade para enviar suas perguntas para a nossa dermatologista! Confira:

Como retirar a mancha branca causada pela hidroquinona? A minha dermatologista passou um medicamente que vem hidroquinona e, ao redor da mancha escura, está uma mancha branca. Como faço para tirar?

Dermatologista: A hidroquinona clareia também a pele normal, por esse motivo deve-se aplicar somente sobre a mancha. O correto é retornar com sua médica pra ser orientada sobre o que fazer.

Fiz uma tatuagem bastante colorida e não gostei, apesar de ter várias. O que eu quero é apenas clarear essa tatuagem e depois de um tempo colocar outro desenho por cima.
A hidroquinona vai ajudar a fazer esse clareamento?

Dermatologista: As tatuagens não clareiam com hidroquinona, pois esse clareador não chega até a camada da pele onde está o pigmento. O laser é o mais indicado pra remoção de tatuagem.

Fiz uma micro pigmentação nas sobrancelhas e não ficou boa, então não quis fazer o retoque. Quero remover, fiz 3 sessões de laser e não notei nenhum resultado. Gostaria de saber se tem como remover com algum ácido, hidroquinona ou algo parecido?

Dermatologista: Isso vai depender de como foi feita a micropigmentação. Algumas são como tatuagens, e não vão sumir com cremes/ hidroquinona. Mas se o pigmento for mais superficial, pode melhorar com ácidos sim.

Gostaria de saber sua opinião sobre a hidroquinona. Vi que em alguns países é proibida. A hidroquinona é realmente vilã? Pode causar câncer? Uns dermatos recomendam e outros não. Na internet uns falam mal e outros não. Obrigada!

Dermatologista: É uma ótima pergunta! A hidroquinona não é vilã, não causa câncer de pele e é o melhor ativo clareador que temos. A questão é: como todo medicamento, tem seus efeitos colaterais se usado de maneira incorreta: irritação da pele e manchas brancas, quando usada por longo período e sem orientação médica. Sendo assim é um excelente tratamento, desde que com um dermatologista acompanhando.

Usei o Vitacid plus por 3 meses. Estou preocupado, porque me disseram que a hidroquinona existente neste produto pode causar vitigo. Em quanto tempo de uso pode surgir o vitiligo? Meses, anos? Vai fazer 3 anos que eu usei, posso me bronzear?

Dermatologista: A hidroquinona não causa vitiligo. Pessoas que estão em tratamento com hidroquinona devem evitar o sol, pois ele vai causar irritações na pele e piorar as manchas.

Usei por 3 meses hidroquinona 4%, por orientação médica. Queria saber se esse período pode ter matado os melanócitos e não vai mais pigmentar a minha pele. Me ajude, por favor.
Obs: A médica que passou esse tratamento não está mais na cidade

Dermatologista: A hidroquinona não mata melanócitos, ou seja, não altera a pigmentação normal da sua pele.

O que de fato funciona para melhorar melasma não usando hidroquinona??

Dermatologista: o grande aliado no tratamento do melasma é o protetor solar, que deve ser usado diariamente, a cada 4 horas. Além da hidroquinona, outras opções de clareadores seriam os ácidos kógico, fítico, retinóico e também a vitamina C.

Eu li uma matéria falando que o hidroquinona faz mal a saúde, é verdade?

Dermatologista: Na verdade, depende. A hidroquinona é o clareador de manchas mais potente que existe, e como todo medicamento, tem seus efeitos colaterais. Não pode ser utilizado por grávidas ou mulheres que estão amamentando, assim como deve ser evitada no verão, pois tende a irritar mais peles que se expõe ao sol. Quando usada por longos períodos ou sem acompanhamento médico pode causar aparecimento de manchas brancas na pele.